CLT x o medo de viver

Projeto de terceirização do trabalho nas empresas. Aprovado pela Câmara.
E tome o Facebook lotado de gente dizendo que vão acabar com os direitos adquiridos dos trabalhadores, blablablablabla.
Deve ser uma merda viver com medo. Não ter consciência das próprias capacidades e ter medo de não ser capaz de depender de si mesmo. Todos querem ganhar mais, desde que não sejam responsáveis por produzir esse ganho. É sempre melhor ter uma garantia do governo ou da lei, por mais anacrônica que seja. As mesmas pessoas que diariamente reclamam dos governantes, dos impostos, dos políticos. Mas preferem se apegar a uma lei (CLT) aprovada em 1º de Maio de 1943. Isso mesmo: 43.
Se você acha que isso ainda tem alguma relação com a realidade, então por que não usa as roupas dessa época, ou o telefone que se usava, computador (já tinha?), ou mesmo o automóvel?
Tenho a impressão de que “algumas coisas” mudaram na sociedade desde então, não é? Você é a favor dos direitos das mulheres, dos negros, dos homossexuais, das minorias em geral? Por que não fazemos assim: vamos manter esses direitos como eram em 1943. Já que os trabalhadores tem de manter os tais “direitos”, vamos ser democráticos.
Absolutamente nada de 1943 existe que você queira na sua vida (exceção para os pais), sem nenhuma mudança, exatamente como era na época. Mas quando a lei determina, então é golpe tentar mudar, né?
A lei também estabelece o foro privilegiado para os políticos, e aposto que você gostaria que isso mudasse. Mas como sempre, pimenta no orifício dos outros é refresco.
O mundo mudou, a sociedade mudou. Os países para os quais você quer mandar seu filho ou emigrar junto com ele para, não tem CLT. As pessoas trabalham e fazem o melhor que podem para gerar resultados, para as empresas ou por conta própria. A riqueza gerada faz com que as empresas contratem cada vez mais e negociem com os funcionários quando há reivindicações.
Assuma a responsabilidade sobre sua vida. Pare de reclamar do governo, mas deixar na mão dele o dinheiro que poderia estar na sua. Pare de pensar no 13º e na aposentadoria e comece a pensar o que você pode oferecer às empresas e/ou à sociedade que elas irão querer.
No livro (depois filme) Parque dos Dinossauros, o personagem Ian Malcolm, matemático, ao ser informado de que os dinossauros de proveta criados na ilha NÃO podem se reproduzir, diz o seguinte: “Life finds a way”. A mesma coisa acontece com a realidade. Já aconteceu. As empresas já fazem terceirização em várias áreas, contratam profissionais de MEI, para sobreviver e prosperar. Quem se apega à lei anacrônica irá ficar sem opções e sem emprego, como 12 milhões de pessoas hoje no país. Não há justiça do trabalho que possa combater a realidade. Só atrasá-la. E em ser atrasado, o Brasil está no top 5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *