Empreender sempre?

Amigos, vocês acompanharam aqui a saga das hamburguerias, das gelaterias, das paleterias e alguns outros casos memoráveis da vida empresarial no século 21.
Agora parece que temos outro, mais específico, a nos rondar (na verdade a me rondar, pois é aqui pertinho).
Há algumas semanas, bem perto do nosso escritório, um novo empreendimento surgiu, em um imóvel pequeno que estava desalugado.
Um janelão de vidro permite que se veja o interior da “loja”. Passando em frente, notei o novo negócio e olhei pelo vidro para ver do que se tratava. O que se podia ver era: algumas mesinhas e cadeiras simpáticas e meio douradas logo atrás da janela, depois um balcão vitrine bonito expondo vários óculos de sol e no fundo mais nada.
Pensei com os meus botões: hum, aparentemente é uma loja de óculos escuros, bem clean, minimalista, OU ainda não está terminada.
Não notei no dia que havia um nome na fachada, acima da janela, pois não olhei para cima naquele 1º momento. Alguns dias depois passando do outro lado da rua, notei então o nome (logotipo) lá em cima: Helena Bordon. Mais nada. Sem ter o menor caralho de idéia de quem seria, esperei até voltar para o escritório e então dei uma busca no pai dos burros moderno, o google.
Descobri que era uma blogueira, fashionista, que dá dicas de moda e que tem uma linha de óculos de sol. Ahhhhhhhh! Agora fazia algum sentido. Achei que era um empreendimento corajoso, pelo local, pelo minimalismo, falta de estacionamento, etc., mas é de empreendedores corajosos que o mundo se ressente, então…
A coisa começou a ficar mais estranha com o passar dos dias, ao notarmos (não só eu, mas pessoas do escritório aqui também) que tirante a atendente, jamais vimos uma pessoa sequer lá dentro, em mais de 1 mês de funcionamento.
E tornou-se totalmente palpitável ontem, quando ao passar novamente na frente, vi uma placa (da foto) com as ofertas do Café HB!
Ao olhar pelo vidro novamente, vi que agora, naquela área que estava vazia ao fundo (depois do balcão vitrine), há uma arara de roupas.
Não me parece que o plano inicial fosse esse, óculos de sol, roupitchas e cheesecake, mas até dá para entender que se a pessoa dá dicas de moda, possa tentar vender roupas. O café com brownie (combinação deliciosa), já é realmente um lance mais arrojado…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *